Governador do ES visita obras de barragem e do Caminhos do Campo em Montanha

As obras para a construção da barragem Tutu Reuter e para a pavimentação do trecho que liga a sede do município de Montanha a São Cristóvão, pelo Programa Caminhos do Campo, receberam a visita do governador Paulo Hartung na manhã desta quinta-feira (04).

Acompanhado do secretário de Estado da Agricultura, Paulo Roberto Ferreira; da prefeita Iracy Baltar, e de lideranças do município e do Estado, o governador vistoriou as obras em Montanha e também visitou a Damare – uma das principais empresas de laticínios do Espírito Santo – onde foi recebido pelo proprietário, Cláudio Resende, e conversou com os funcionários da empresa.

A comitiva do Governo e de lideranças da cidade estiveram nos dois locais em obras para verificar o andamento das intervenções. O investimento para a implantação do reservatório e para o asfaltamento da estrada será de mais de R$ 17 milhões.

“Hoje cedo visitamos as obras da estrada que faz parte do Programa Caminhos do Campo que está em estágio avançado. Acredito que daqui a alguns dias vamos começar a colocar a primeira camada de asfalto na obra. Uma alegria muito grande porque é uma ação muito importante para a comunidade e a atividade econômica da região”, comentou o governador Paulo Hartung.

O trecho do Programa Caminhos do Campo, que liga a sede até o distrito de São Cristóvão, possui 5,31 quilômetros de extensão. Até o momento, já foram executados 25% da obra. Os serviços feitos no trecho foram de terraplanagem e drenagem. O custo da obra é de R$ 3,9 milhões e a previsão é de que a pavimentação seja concluída ainda neste ano. O asfalto vai ajudar a escoar a produção agrícola e de laticínios da região.

O secretário de Estado da Agricultura, Paulo Roberto Ferreira, salientou que as duas obras – da barragem Tutu Reuter e do Programa Caminhos do Campo – fazem parte de um conjunto de investimentos do Governo em todo o Estado.

“A construção da barragem de Montanha resolverá de vez o problema de abastecimento de água na região em caso de estiagem. E o Caminhos do Campo reforçará ainda mais a produção do laticínio instalado na localidade. Ao contrário de outros estados, o Espírito Santo pode investir para melhorar a vida das pessoas. E isso só é possível porque o Espírito Santo está com as contas em dia e com a casa arrumada”, disse Paulo Roberto.

A barragem Tutu Reuter, que faz parte do Programa Estadual de Construção de Barragens, terá capacidade para armazenar 2,4 bilhões de litros de água em 65,78 hectares de área alagada – o equivalente a mais de 65 campos de futebol – e quantidade suficiente para abastecer a população da cidade por mais de dois anos caso ocorram períodos de estiagem.

A barragem teve as obras iniciadas em junho deste ano. Para a construção dela estão sendo investidos R$ 13,7 milhões. Estão sendo executados os serviços de cercamento do trecho da barragem e o corte de rochas, além de estar em preparo o local que irá armazenar a água. O prazo de conclusão do reservatório está previsto para o segundo semestre de 2019

O governador Paulo Hartung falou sobre a importância do armazenamento de água para o período de estiagem, porém também destacou a necessidade de a sociedade estabelecer uma relação equilibrada de consumo dos recursos naturais. Hartung ainda reforçou que é essencial preservar e recuperar a cobertura florestal e as nascentes. “Temos de reservar água, porém também é importante produzirmos água e, para isso, temos de estabelecer uma relação equilibrada com os recursos naturais”, ponderou.

Montanha já possui duas barragens, no assentamento Bela Vista, construídas pelo Programa Estadual de Construção de Barragens. As duas juntas tiveram o investimento de R$ 1,2 milhão. Juntas, elas têm capacidade para armazenarem mais de 120 milhões de litros de água.

Fonte e Foto Seag-ES

:)