Região Noroeste ganha laboratório aberto de moda: o ModaLab2 Colatina

O Senai CentroModa Colatina inaugura, ontem quarta-feira (24), o ModaLab2, o laboratório aberto de moda da Região Noroeste. O evento acontece às 19h, com palestra de André Carvalhal, diretor co.criativo da Ahlma, nova marca de moda sustentável do Grupo Reserva.

A iniciativa conta com o apoio do Sebrae-ES, que tem papel estratégico de apoio e fomento ao desenvolvimento das empresas de micro e pequeno porte, despontando também como um dos principais parceiros de iniciativas inovadoras.

Abrindo as portas dos laboratórios do CentroModa Colatina para empresários do setor fashion, bem como funcionários e estudantes de moda, o Senai visa o desenvolvimento da indústria de vestuário no município e região, além do estímulo à inovação e à geração de novas oportunidades para o setor de moda em todo o Estado.

Ao todo, a região comporta mais de 600 empresas do setor do vestuário, gerando mais de 6.500 empregos diretos e indiretos, que devem ser beneficiados com a iniciativa, segundo informou o Sindicato das Indústrias do Vestuário de Colatina (Sinvesco), um dos parceiros do programa ao lado do Sebrae.

Além de disponibilizar os laboratórios para o setor e a sociedade, o programa ModaLab leva à Colatina e região uma série de palestras e workshops quinzenais gratuitos com referências do design, da moda e do mundo empresarial, numa ampla diversidade temática, valorizando o que é local. Fórmula iniciada em julho de 2018, em Vila Velha, durante a inauguração do laboratório aberto do Senai Araçás e que ganhou o público e, agora, segue para o Noroeste do Estado, em uma cidade que concentra um dos maiores pólos de confecção do país.

“O ModaLab1 foi iniciado aqui (em Vila Velha) por ter uma escola específica do vestuário com dez laboratórios de última geração, entramos com o programa com o objetivo da escola ser um centro de design, inovação, de mudança de cultura no setor da moda e do vestuário”, explica Clara Orlandi, presidente da Sinconfec e uma das idealizadoras do programa. “Esse programa deu muito certo. Seu conceito foi desenvolvido por uma artista plástica que fez todo um trabalho de curadoria, a Rosa-Nina Liebermann. Engajamos-nos nesse projeto, que duraria apenas 1 mês, mas acabou expandindo a pedido da própria sociedade e do setor”, comentou.

Além da sociedade e do setor, o ModaLab também é voltado para os estudantes do Senai, em um exercício de liderança, de domínio de público e de customização de espaços, bem como o de criatividade. O programa ainda ajuda num processo de multidisciplinaridade dentro da escola, com alunos de diversos cursos trabalhando juntos.

“A gente identifica que o setor do vestuário é muito amplo e inclui segmentos como cama, mesa e banho; fantasias de enredo de escola de samba; bancos de carro; até mesmo a decoração e arquitetura, porque temos os papéis de parede que são tecidos e estampam as paredes; temos os estofados em cadeiras, sofás, puffs e cortinas”, identifica Clara.

O palestrante

O conceito do ModaLab2 tem tudo a ver com o palestrante da abertura do programa em Colatina. Ícone no Brasil e no mundo, André Carvalhal é defensor da moda sustentável.

Em sua palestra “Nova Era”, André fala um pouco como repensou sua carreira, ao se ver desiludido com a indústria da moda, devido às preocupações com os impactos dela sobre o meio-ambiente, o planeta. Com esse pensamento, ele se reinventou e iniciou novos projetos a fim de estimular as pessoas a repensarem o modo como lidam com o mercado fashion. A moda com propósito. Assim nasceu a sua marca, dentro do Grupo Reserva, a Ahlma.

A “Nova Era” retratada por André Carvalhal no ModaLab é sobre o período de resgate da liberdade de ser e de criar, para que possam surgir marcas e profissionais autênticos (de verdade), que entendam a moda além das roupas, além do consumismo. Ele acredita que, diante dessa nova fase para o mercado fashion, um novo perfil profissional surge, com a responsabilidade de (re)significar a moda. Neste encontro, o público conhecerá quais as transformações serão necessárias para esta grande virada.

“O André Carvalhal tem a pegada da sustentabilidade e da reciclagem. Uma de suas grandes coleções foi dentro desse viés. Ele vem incentivando as pessoas a fazerem mais com menos, utilizando inclusive aquilo que seria descartado. Essa visão de moda consciente é moderna, é vanguardista”, frisa Carla Orlandi.

Ontem (quarta-feira 24), André Carvalhal também fez palestra no Senai CentroModa Araçás, em Vila Velha, às 9h.

Fonte e foto Sebrae-ES

:)