Bolsonaro diz que seu governo terá acesso antes às questões do Enem

Em pronunciamento feito ao vivo por meio de redes sociais na noite desta sexta-feira (9), Jair Bolsonaro (PSL) voltou a criticar questões feitas no Enem deste ano e afirmou que, e, sua gestão, o governo passará a ter acesso antes às questões da prova. Segundo Inep, apenas “poucos servidores” da instituição e colaboradores têm acesso ao exame antes de sua aplicação.

Bolsonaro fez a afirmação ao comentar a prova do último domingo (4) do Enem, que trouxe uma pergunta sobre o “dialeto secreto” utilizado por gays e travestis.
A priva mostrou um texto sobre o “pajubá, o dialeto secreto dos gays e travestis” e questionava o candidato quanto aos motivos que faziam a linguagem se caracterizar como “elemento de patrimônio linguístico”.

O pesselista critica que a questão aborda o mundo LGBT e que no seu governo o Enem não terá questões de teor semelhante. “Não vai ter questão dessa forma no ano que vem porque nós teremos acesso à prova antes”, prometeu.

O presidente eleito explicou que deve anunciar em breve o nome do futuro ministro da Educação e que ele precisa entender que o Brasil é um “país conservador”. “Precisamos de um ministro da Educação que entenda que nós somos uma país conservador”, comentou.

Fonte noticias.uol.com

:)