Governador Paulo Hartung visita estande de montadora que virá para o ES

O governador Paulo Hartung visitou, na tarde desta quinta-feira (08), o estande da D2D Motors, montadora de veículos, que se instalará em Linhares já no primeiro semestre de 2019, no 30º Salão do Automóvel em São Paulo. O evento, que é um dos mais importantes do mundo, tem a presença das principais montadoras e apresenta novas tecnologias do setor. Um dos focos deste ano é a presença maior de veículos elétricos e híbridos e a discussão sobre mobilidade.

Também participaram da visita os secretários de Estado de Desenvolvimento do Espírito Santo, José Eduardo de Azevedo; de Economia e Planejamento, Regis Mattos Teixeira; da Fazenda, Bruno Funchal; e da Educação, Haroldo Corrêa Rocha. E o prefeito de Linhares e presidente da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), Guerino Zanon. A produção de veículos da montadora no Espírito Santo será iniciada nos primeiros meses do próximo ano. O investimento total da empresa no Estado será de R$ 30 milhões, com uma média de 100 carros fabricados por mês. São aproximadamente 60 empregos diretos.

Para o secretário José Eduardo de Azevedo, a montadora vem para o Espírito Santo para diversificar ainda mais nossa economia. “Vai movimentar bastante nossa cadeia de negócios, gerar receita e empregos. Já em 2020 a fábrica estará totalmente montada, fazendo 300 carros por mês. Será um empreendimento enorme”, disse.

Em conversa com o presidente da montadora, Eduardo Eberhardt, adiantou que os veículos produzidos no Espírito Santo vão contar com motor Peugeot, agregando ainda mais valor ao produto desenvolvido.

Palestra

Mais cedo o governador e o secretário estiveram em palestra organizada pelo Insper, na capital paulista. Na oportunidade, Hartung falou sobre os ajustes feitos nas contas públicas do Governo do Estado e também sobre medidas necessárias para reformar o setor previdenciário.

O objetivo da palestra foi propor medidas que possam contribuir para uma reflexão mais profunda e para a oferta de alternativas, considerando que o Governo Federal, Estados e municípios enfrentam desajustes consideráveis em suas contas.

Colatina tem novo sensor de medida de nível e temperatura das águas do Rio Doce

As chuvas estão caindo em Colatina nos últimos dias com mais intensidade, e as preocupações da população voltam com força. Por isso, a Coordenação Municipal de Defesa Civil (CMDC) providenciou em outubro, junto à Companhia de Pesquisas de Recursos Minerais (CPRM), também conhecida como o Serviço Geológico do Brasil, a substituição imediata do sensor que media o nível e a temperatura da água do Rio Doce.

O equipamento, localizado em frente do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM), estava danificado, não realizando a sua principal função para os colatinenses, que é a medida do nível da água. O serviço de instalação de um novo sensor foi realizado por um técnico da CPRM, em parceria com a Agência Nacional das Águas (ANA) e a Prefeitura, por meio da CMDC e as Secretarias Municipais de Obras (Semob) e de Trânsito, Transportes e Segurança Pública (Semtran).

Segundo o coordenador Municipal de Defesa Civil, André Luís Felipe de Oliveira, por enquanto o nível do Rio continua baixo e, portanto, não preocupa. “Isso porque as chuvas estão caindo em Colatina e não são provenientes dos municípios mineiros, que são direcionadas para o Rio Doce e inundam a cidade. Com o novo sensor continuamos nosso trabalho de monitoramento constante do nível do rio”.

Fonte Comunicação da Prefeitura de Colatina e foto divulgação.

:)