Vagas deixadas por médicos cubanos serão preenchidas no dia 3

Com a saída dos médicos cubanos do Programa Mais Médicos do Brasil, ocorrida nesta semana, a Prefeitura de Colatina buscou alternativas para que a população coberta pelos oito profissionais que atuavam nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município não ficasse sem atendimento. Nesta semana, a primeira solução de emergência foi realizar os serviços básicos nas Unidades e direcionar para a Unidade mais próxima os casos que necessitavam do atendimento de um médico.

Para a próxima semana uma segunda alternativa foi encontrada. A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) informou que a partir de segunda-feira, dia 26, as Unidades contarão com uma equipe de médicos que vai atuar em caráter provisório, até que os novos profissionais que estão sendo contratados pelo município, por meio de um Edital de Seleção do Ministério da Saúde (MS), preencham as vagas de forma definitiva na primeira semana de dezembro.

Eles vão trabalhar nas Unidades dos Bairros São Brás, Vila Real, Jardim Planalto, Operário, São Marcos, Nossa Senhora da Penha, e Luís Iglesias, além de Gordiano Guimarães, 15 de Outubro, Boapaba, Itapina, Reta Grande, Paul de Graça Aranha, São João Grande e São João Pequeno.

Edital
De acordo com informações do Ministério da Saúde, cerca de 84% das vagas disponíveis do Edital já foram preenchidas. No terceiro dia já haviam sido inscritos 19.994 profissionais, com CRM Brasil, ou que revalidaram o diploma no país. Desse total, 13.341 foram efetivados e 7.154 já estão alocados no município para atuação imediata. Na apresentação ao município, que vai até no dia 14 de dezembro, o médico deve apresentar todos os documentos exigidos no edital.

O site está estável e as inscrições seguem até o dia 7 de dezembro. Leia o conteúdo na íntegra no site do MS (saude.gov.br).

Fonte e foto Prefeitura de Colatina/Comunicação

:)