Fórum das Águas em Santa Teresa discute saneamento e recursos hídricos

Para dar continuação às discussões alusivas ao Dia Mundial da Água, comemorado no último dia 22, o Instituto Nacional da Mata Atlântica (INMA) em parceria com a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan) realiza o “Fórum das Águas em Santa Teresa”, na sexta-feira (29).

A política nacional e regional sobre os recursos hídricos e estratégias do saneamento ambiental em Santa Teresa e municípios adjacentes são alguns dos temas a serem abordados no Fórum.

Participam do evento o diretor presidente da Agência Estadual de Recursos Hídricos (AGERH), Fábio Anhert; o secretário de meio ambiente de São Roque do Canaã, André Barcelos; a gestora de projetos da Agerh, Mônica Amorim Gonçalves; e o chefe da Divisão Serrana da Cesan, Vanderlei Silva de Andrade.

Para o diretor do INMA, Sérgio Lucena, o evento mantém as discussões em relação aos recursos hídricos e saneamento em alta.

“Viemos de uma série de eventos climáticos que provocaram estiagem e depois enxurradas. É importante a preservação da mata atlântica para manter os recursos hídricos. A preservação desses recursos e o investimento em saneamento são essenciais para manter a saúde e o bem-estar da população”, disse o diretor.

De acordo com o Governo Estadual, em Santa Teresa 77,6% da população já conta com serviços de coleta e tratamento de esgoto da Cesan e 63,4% dos moradores já interligaram seus imóveis às redes. No entanto muitas pessoas ainda despejam seu esgoto e lixo nos córregos que atravessam a cidade, deixando sujeira e mal cheiro no ambiente, como exemplifica Lucena.

“É o caso do Córrego São Pedro que passa dentro do Parque do Museu Mello Leitão. Uma área turística e de preservação histórica sendo poluída. É uma situação que deverá ser discutida no Fórum para pensarmos numa cultura de preservação mais aprofundada tanto das entidades públicas e privadas, quanto da sociedade”, avaliou.

O Fórum das Águas será realizado no auditório Augusto Ruschi do Museu Mello Leitão, em Santa Teresa, a partir das 15 horas. Entrada franca.

Fonte secom e foto Mapio Net

:)