Casagrande anuncia mais de R$ 26 milhões em obras de drenagem e pavimentação em Vila Velha

A cidade de Vila Velha, que ontem (quinta-feira 23) comemora 484 anos de história, vai receber 11 obras de drenagem e pavimentação que ultrapassam R$ 26 milhões. O anúncio foi realizado pelo governador Renato Casagrande durante o desfile cívico-militar, na Praça Duque de Caxias, no Centro do município. A solenidade faz parte das comemorações da Colonização do Solo Espírito-santense, quando a Capital do Estado é transferida simbolicamente para o município canela-verde.

Em discurso, o governador reforçou a importância do retorno dos convênios anunciados e falou sobre os mais de R$ 345 milhões que serão investidos em obras de macrodrenagem após a prorrogação dos prazos junto ao Governo Federal para utilização dos recursos.

“São obras importantes para o turismo de Vila Velha. Obras que vão diminuir os impactos das chuvas e embelezar a cidade. Não existe obra nenhuma que impeça o alagamento quando se chove o montante que choveu [no último final de semana]. Mas a obra de macrodrenagem faz a água escoar rápido. Não vamos ficar olhando para trás, mas nada foi feito nesses quatro anos. Chegamos ao Governo e conseguimos recuperar esse dinheiro para as obras com a ajuda da Bancada Federal. Estava quase perdendo esse recurso por falta de ação. Conseguimos prorrogar o edital para contratar os projetos e queremos começar essas obras no início do ano que vem”, afirmou Casagrande.

As obras de drenagem e pavimentação serão realizadas por meio da Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb). Os 11 convênios vão contemplar melhorias nas ruas e avenidas nos bairros Terra Vermelha, Barra do Jucu, Barramares, Ponta da Fruta, Praia dos Recifes e Ulisses Guimarães. “Essas obras melhoram a mobilidade para quem transita por esses bairros e traz mais qualidade de vida para a população”, destacou o secretário Marcus Vicente.

Na macrodrenagem, serão construídas estações de bombeamento e comportas de maré, que minimizarão os impactos dos alagamentos provocados pelas chuvas. As obras envolvem as bacias do Canais da Costa, Guaranhuns, Marinho, e do Rio Aribiri.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto

:)