Campanha do Detran-ES alerta motociclistas sobre riscos de acidentes

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) inicia, nesta semana, uma campanha educativa com foco nos motociclistas que circulam no Estado. O objetivo é chamar a atenção da população para o alto índice de vítimas fatais de acidentes envolvendo motociclistas e conscientizar os condutores para os cuidados necessários no trânsito para preservar a própria vida.

A campanha utiliza dados recentes do Observatório de Segurança Pública divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) no relatório “Acidentes Fatais com motociclistas: Perfil dos acidentes no Espírito Santo – 2019”, além de estatísticas de atendimento do Corpo de Bombeiros e do Samu a motociclistas em acidentes nas vias capixabas.

Utilizando uma linguagem de vídeo game, o filme exibido na TV deixa claro aos motociclistas que na vida real não há segunda chance depois do ‘game over’ e que é necessário escolher a vida na hora de tomar decisões envolvendo o trânsito. No rádio, a campanha será exibida em formato de notícias sobre o tema. A campanha será veiculada em TV, rádio, internet até o dia 31 de julho e também serão realizadas ações educativas para reforçar a conscientização dos motociclistas.

A expectativa do diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, é atingir o público que é a principal vítima desses acidentes e conseguir reduzir o número de mortes entre os motociclistas.

“Pelos dados do perfil extraído do relatório da Sesp, as principais vítimas fatais dos acidentes com motocicletas são homens jovens com idades entre 17 e 25 anos. E por isso a escolha dessa linguagem dos games, que acreditamos que vai chamar a atenção desses potenciais vítimas de forma mais efetiva. Temos acompanhado o aumento das mortes de motociclistas nos últimos dois anos, além do número de vítimas que ficam com sequelas graves e permanentes. Queremos que isso seja um alerta para que cada um adote as medidas de segurança necessárias para a preservação da vida no trânsito e a redução desses números que são muito graves”, enfatizou.

Acidentes fatais com motociclistas

O relatório “Acidentes Fatais com motociclistas – perfil dos acidentes no Espírito Santo – 2019”, do Observatório de Segurança Pública, pertencente à Sesp, traz dados importantes para o planejamento de ações voltadas para os motociclistas no Estado.

Segundo o estudo, em 2012, 369 motociclistas foram vitimados fatalmente em acidentes de trânsito. Esta foi a maior quantidade de óbitos da série histórica. Nos quatros anos seguintes, de 2013 a 2016, houve queda consecutiva. Já em 2017 houve aumento em relação ao ano anterior, situação que voltou a acontecer em 2018, completando dois anos de aumento consecutivo. Isso acende o sinal de alerta e reforça a necessidade de realizar um acompanhamento mais dinâmico dos dados para permitir tomadas de ações mais eficazes.

Fonte e foto Comunicação do Detran|ES

:)