Alunos de escola de Mascarenhas recebem prêmio no concurso Arte com Energia

Dois alunos da escola municipal Aládia Paiva, de Mascarenhas, ganharam um prêmio a nível nacional, disputando com 8 mil estudantes de 9 estados brasileiros, em concurso promovido pela EDP Escelsa sob o tema “Segurança com Energia Elétrica: a Vida em Primeiro Lugar”.

Os alunos do sétimo ano do ensino fundamental Izabelly Alves da Silva Bastos e Victor Neves Ferreira foram os ganhadores regionais do Espírito Santo, ao construírem um boneco reciclável dentro do tema proposto pelo concurso.

Eles receberam da EDP Escelsa, no último dia 30, em solenidade realizada na escola, dois tablets como premiação. Todos os alunos da escola, no dia da premiação, foram brindados  com uma peça de teatro trazida pela Escelsa.

A diretora da escola Aládia Paiva, Maria Cristiane Quirino Damasceno Diniz, falou da satisfação de Mascarenhas ter ganho este prêmio nacional, destacando o esforço dos alunos e também dos professores orientadores:  Neuza Maria de Almeida, Angela Kátia Ferreira Rodrigues, Celso Quirino Dias, Thais de Almeida Prata, Roberto Carlos Corte, Maria do Carmo Santos e Maria Helena Ferreira Zanotti  Zandomênico.

“Para nós foi uma grande alegria, trata-se de um reconhecimento a nível nacional e só temos que parabenizar a todos os envolvidos na construção deste prêmio”, falou a diretora Maria Cristiane Muniz.

Este é o quarto ano consecutivo que a escola Aládia Paiva ganha o concurso da EDP Escelsa, num grande esforço de alunos e professores para participar de um concurso que visa a segurança no uso correto da energia elétrica.

O prefeito Neto Barros parabenizou os alunos e professores da escola Aládia Paiva, lembrando a importância da premiação e a interação da comunidade com projetos de sustentabilidade, bem retratados no processo de julgamento do concurso promovido pela EDP Escelsa. Fonte e foto Prefeitura de Baixo Guandu.

:)