Hartung e Colnago se reuniram com os presidentes de Câmara municipais

Presidentes de 45 Câmaras municipais estiveram no Palácio Anchieta, na quinta-feira (21), e almoçaram com o governador Paulo Hartung e o vice-governador César Colnago, fazendo um balanço de 2017 e projetando o cenário do próximo ano.

Durante seu discurso, o governador lembrou que já previa a dificuldade que o esperava à frente do Executivo capixaba, mas, mesmo assim, resolveu enfrentar. “Fui fazer o que tinha que ser feito e esse é o papel da liderança. Sabia o que tinha que fazer, tinha que dar uma reorganizada nas coisas. A gente é criado com a ideia de que fazer o certo é fácil, mas não é. Se fosse fácil fazer o certo, o Brasil não estava nessa situação, porque o País tem potencial. Estou terminando o ano muito alegre, porque o Espírito Santo está fechando 2017 magnificamente”, comentou.

Já para o próximo ano, Hartung enxerga sinais positivos na economia, mesmo que seja em pequenas proporções. “O primeiro semestre foi muito difícil, o segundo só vem melhorando, a economia capixaba saiu tecnicamente da recessão, a geração de emprego líquido ficou positiva, a arrecadação do Governo do Estado, em todos os meses, teve um crescimento de receita. Não é nada de extraordinário, mas é constante. Isso projeta um 2018 muito bom”, finalizou.

Em sua fala, Colnago relembrou que o Estado já sancionou quatro orçamentos, sendo que o correto seria apenas três. “A vida não está fácil para ninguém, mas a crise que estamos atravessando já nos dá sinais de amenização. E isso sob a tutela do governador Paulo Hartung que, antes mesmo de assumirmos, em parceria com a Assembleia, conseguimos refazer o orçamento do Estado para uma peça mais próxima da realidade. E essa parceria com o Legislativo é essencial para uma boa administração, principalmente neste cenário. É preciso pensar grande, uma Câmara mais moderna, que ajuda o Executivo inovar, ser criativo e buscar soluções coletivas, sem ficar presos apenas às agendas do varejo. Precisamos unir forças pois, no próximo ano, teremos um cenário melhor do que 2017, que já foi melhor do que 2016.”

Falando em nome dos vereadores, o diretor-presidente da Associação das Câmaras Municipais do Espírito Santo (Ascames) e presidente da Câmara Municipal de Baixo Guandu, Wilton Minarini de Souza Filho, destacou a importância do legislativo nos municípios. “A Câmara Municipal é o berçário dos políticos. É de onde vão sair os futuros prefeitos, deputados, senadores. Estamos agradecidos pela iniciativa do governador em nos receber. Queremos aprender, com o modelo de gestão do estado, a organizar nossos municípios e enxugar as contas”.

Fonte e foto Assessoria de Comunicação da Vice-governadora

:)