Governo do ES anuncia R$ 1 bilhão em investimento para 2018

Fonte e foto Governo do ES - Implantação de 15 novas Escolas Vivas; conclusão de quatro unidades da Rede Cuidar e início da Construção do Hospital Geral de Cariacica; construção e reforma de unidades das Polícias Civil e Militar, aquisição de novas viaturas; conclusão de 48 barragens; obras, serviços e entregas de importantes eixos viários na Região Metropolitana e no interior fazem parte do conjunto de investimentos do Governo do Espírito Santo para 2018.
 
Ao todo, as ações programadas para o próximo exercício somam R$ 1 bilhão, com recursos próprios e de outras fontes, o que vai possibilitar a geração de aproximadamente 10 mil postos de trabalho.
 
Durante a coletiva de imprensa, o governador Paulo Hartung avaliou que o Espírito Santo fecha o ano com avanços importantes em desafios históricos, principalmente na área de infraestrutura. Em um ano de desafios na arrecadação pública, Paulo Hartung ponderou que o Estado está com as contas organizadas, pagamento de servidores e fornecedores em dia. O governador também afirmou que, apesar dos desafios socioeconômicos, o Poder Executivo Estadual conseguiu avançar na implementação de políticas públicas inovadoras na área de educação, assistência social e gestão pública.
 
“Terminamos 2017 alegres e muito bem, do ponto de vista de nossa evolução. Estamos com o Estado organizado e avançando com políticas públicas inovadoras. Também estamos superando gargalos históricos na área de Portos, Aeroportos, rodovias e energia, por exemplo. Importante destacar que estas conquistas são de trabalhos feitos com muitas mãos e não posso deixar de reconhecer e agradecer à Assembleia Legislativa e nossa bancada Federal”, destacou o governador Paulo Hartung.
 
Sobre o anúncio de investimento de R$ 1 bilhão para 2018, Paulo Hartung destacou que o Estado retoma um antigo patamar de aplicação dos recursos públicos em terras capixabas para avançar em infraestrutura. O governador destacou que, deste total, 60% serão investimentos com recursos próprios. Hartung disse ainda que o Governo prevê um superávit de R$ 300 milhões para o exercício fiscal deste ano.
 
“Nosso Estado, neste segundo semestre, já saiu da recessão mesmo com a Samarco, que representa 5% do PIB [Produto Interno Bruto], parada. Temos outro sinal importante da economia que é o crescimento na geração de postos de empregos. A receita está crescendo lentamente neste segundo semestre, o que permitiu dar o auxílio-alimentação reivindicado pelos servidores, abono neste ano e programar um reajuste para o ano que vem. Terminamos o ano após um período duro de crise no país. Saímos organizados e preparados para as oportunidades do pós-crise”, ponderou.
 
O conjunto de investimentos é resultado do ajuste fiscal e possibilita que o Espírito Santo seja referência em gestão pública e em transparência e considerado o Estado mais promissor do Brasil para a atração e geração de novos investimentos. O Estado saiu primeiro da crise, garantindo, assim, mais oportunidades para atrair investimentos, gerar emprego e renda para os capixabas e para quem escolhe trabalhar e viver aqui. Uma realidade diferente de vários estados do país, que enfrentam um desafiador cenário de contas atrasadas.
 
Como resultados dos ajustes, o Estado está cuidando das pessoas, realizando investimentos em políticas públicas inovadoras que melhoram a qualidade de vida das pessoas, com foco no presente e no futuro, como a Escola Viva e o Pacto Pela Aprendizagem, na área da Educação; a Rede Cuidar, que institui um novo conceito em prestação de serviços na rede pública de saúde estadual; o Ocupação Social, que estimula a cultura do empreendedorismo e busca tirar o jovem da violência; os Programas Reflorestar, das Águas e da Paisagem e de Construção de Barragens, na área de meio ambiente, que já apresentam resultados positivos para a segurança hídrica e conservação/restauração de florestas no Estado.

:)