Caixa volta a liberar crédito mais barato para comprar casa própria

Caixa Econômica Federal retomou nesta terça-feira (2) a liberação de crédito imobiliário da linha pró-cotista, a mais barata disponível no mercado depois do Minha Casa Minha Vida. Ao todo, o banco vai oferecer um volume de R$ 4 bilhões.

A linha de crédito é destinada aos trabalhadores com conta no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e cobra taxas de juros entre 7,85% (clientes com débito em conta ou conta-salário) e 8,85% ao ano.

A liberação de crédito da linha pro-cotista estava suspensa desde julho de 2017. Na ocasião, a Caixa informou que “os recursos disponibilizados para a referida linha já foram utilizados“ e que, “nos primeiros 6 meses desse ano, foram emprestados mais que todo ano de 2015“. 

Em 2017, de acordo com a instituição, havia um orçamento previsto “de R$ 84 bilhões para toda a carteira imobiliária, sendo R$ 6,1 bilhões para a linha pró-cotista“.

A Caixa é responsável por 70% dos financiamentos imobiliários do País.
Para ter direito à linha Pro-Cotista, o interessado:


1. Precisa ter contribuído com o FGTS por pelo menos três anos, consecutivos ou não, na mesma empresa ou em empresas diferentes;

2. Não deve possuir financiamento habitacional ativo nas condições do Sistema Financeiro da Habitação (SFH);

3. Não pode ser proprietário, cessionário, arrendatário ou promitente comprador de imóvel residencial urbano concluído ou em construção situado no município onde exerce sua ocupação principal, nos municípios limítrofes e na região metropolitana ou no atual município de residência;

4. Precisa ter contrato de trabalho ativo sob regime do FGTS ou saldo em Conta Vinculada do Fundo, na data de concessão do financiamento, correspondente a, no mínimo, 10% do valor do imóvel. Fonte R7

:)