Impacto dos feriados 2018 no comércio capixaba

Neste ano, no Espírito Santo, serão 13 feriados* em dias úteis, sendo que a maior parte deles ocorrerá na segunda ou sexta-feira. E também terão aqueles que caem na terça-feira e na quinta-feira, o que gera a possibilidade de “emendar” o feriado. 

A estimativa é que o comércio Espírito Santo tenha prejuízos em torno de R$ 567 milhões**, considerando 13 dias de feriados, como 13 dias úteis parados. Este é o valor aproximado que deixa de ser produzido no comércio capixaba, refletindo na arrecadação de tributos e na renda da população. O número não leva em consideração os demais dias em que o movimento cai em função do prolongamento do feriado. 

A ocorrência de feriados prejudica a maioria das atividades produtivas. No caso do comércio, a movimentação de pessoas diminui consideravelmente e, com algumas exceções, como é o caso dos supermercados, das farmácias e dos shoppings, as lojas físicas de rua permanecem fechadas. Além disso, aqueles segmentos que precisam ou optam por abrir o estabelecimento têm seus custos operacionais aumentados, pois para funcionar no feriado, o custo que o empresário tem com o funcionário chega a representar 100% de aumento em relação a um dia normal de trabalho. 

Do lado dos colaboradores do comércio também há perdas, pois boa parte recebe comissões e as lojas fechadas ou mesmo a queda do movimento os prejudica. O prejuízo varia conforme o segmento de cada loja, os salários e gratificações pagos aos colaboradores e a localização de cada estabelecimento. 

Turismo

A ocorrência dessas datas afeta de forma variada aos diferentes setores da economia. Os feriados prolongados tendem a estimular o setor do turismo e gerar resultados positivos para as cidades turísticas. O cenário atual da economia mostra uma procura maior por destinos turísticos nacionais e as viagens mais curtas tendem a ser favorecidas. 

Para esse setor, os feriados se traduzem em oportunidades. O Espírito Santo está localizado em uma região privilegiada, próximo aos principais emissores de turistas (MG/RJ/SP) e é rico em atrativos distribuídos nas suas 10 Regiões Turísticas. Assim, com essa possibilidade de maior circulação de turistas, poderá haver um bom incremento no comércio e no turismo nessas regiões.

- Contando 12 feriados nacionais e 1 estadual que incidem em dias úteis que atingem todo o Espírito Santo.

- Considerando o PIB comércio do Espírito Santo (IBGE-2015 atualizados pelo IPCA 2016) diário como o valor máximo que poderia ser perdido pelo comércio em um dia parado e a quantidade de dias úteis perdidos.

Fonte: Assessoria Econômica Fecomércio-ES

:)