Municípios que não atingirem meta poderão vacinar contra gripe até 22 de junho

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informa que a maioria dos municípios do Espírito Santo já atingiu a meta da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, ou seja, já vacinou pelo menos 90% de sua população alvo, conforme preconiza o Ministério da Saúde. Portanto, a campanha encerra nesta sexta-feira (15).

Seguindo ainda recomendação do Ministério da Saúde, os municípios que não atingirem a meta até esta sexta (15) deverão prorrogar a vacinação até o dia 22 de junho. Para esta semana a mais, a Secretaria de Estado da Saúde reforça a importância de os municípios continuarem a vacinar os grupos prioritários, em especial crianças, gestantes, idosos e pessoas com comorbidades. Isso porque, dentro do grupo prioritário, esses grupos são os que apresentam maior risco de complicações para a doença.

A coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, Danielle Grillo, ressalta que é preciso avaliar o cenário de cada estado. “O Espírito Santo está entre os estados com maior número de pessoas do público-alvo da campanha já imunizadas, ao contrário de estados como Roraima e Rio de Janeiro, que imunizaram menos de 60% de sua população alvo. Logo, a nossa estratégia não deve ser igual a desses estados”, detalhou.

A partir do dia 25 de junho, caso haja disponibilidade de vacinas nos municípios, a vacinação poderá ser ampliada para crianças de 5 a 9 anos de idade e adultos de 50 a 59 anos, conforme recomendação do Ministério da Saúde. Para os municípios que terminarem esta sexta-feira (15) tendo vacinado pelo menos 90% de sua população alvo, cumprindo, assim, a meta da campanha, e tiverem doses remanescentes, a estratégia de ampliar a vacinação para esses outros dois públicos já pode ser adotada a partir de segunda-feira (18).

Fonte Secretaria de Estado da Saúde e foto web

:)